0
×
Seu carrinho está vazioNavegue pelas categorias de livros e adicione os títulos desejados ao seu carrinho de compras.
A Economia Feminista - Por Que a Ciência Econômica Precisa do Feminismo e Vice-Versa

A Economia Feminista - Por Que a Ciência Econômica Precisa do Feminismo e Vice-Versa

Código: 9786584515352
Categoria: Ciências Políticas
R$ 68,00
Compartilhe:

Descrição Saiba mais informações

A ciência econômica tem sido pensada por homens para servir a uma sociedade dirigida por homens. Ela é, também, a ciência social com menor presença de mulheres. No entanto, ao longo da história, muitas delas fizeram importantes contribuições para a construção da área, vencendo um permanente processo de desqualificação, como revela Hélène Périvier, que apresenta nesta obra um inédito panorama da presença das mulheres no campo do pensamento econômico. Desde as pioneiras Jane Marcet (1769-1858) e Harriet Martineau (1802-1876), também Flora Tristan (1803-1844), Harriet Taylor (1807-1858), Millicent Fawcett (1847-1929), Julie-Victoire Daubié (1824-1874) e Clémence Royer (1830-1902), chegando ao século XX com Margaret Reid (1896-1991) e Joan Robinson (1903-1983), e ainda Elinor Ostrom (1933-2012) e Esther Duflo (1972-), vencedoras, respectivamente, do prêmio Nobel em Economia em 2009 e 2019. Nesta abordagem, não ficam de fora os pensadores da economia que tiveram posições a favor das mulheres, como John Stuart Mill e John Maynard Keynes, este último parceiro de Virginia Woolf no grupo Bloomsbury. Em uma análise amparada por exemplos e dados, a autora refuta a aparente neutralidade dos conceitos e análises da economia, evidenciando como seus conceitos têm sido o motor de uma organização social baseada no modelo patriarcal. Neste cenário, a economia feminista se impõe renovando os temas e as abordagens da disciplina, e encampando saberes e ferramentas para pensar as desigualdades socioeconômicas e as discriminações que sofrem não apenas as mulheres, como também outras categorias marginalizadas como a comunidade LGBTQIA+ e as pessoas que sofrem preconceito racial. Fazer da disciplina econômica um campo mais feminista é, portanto, construir também um mundo mais igualitário. Prefácio de Thomas Piketty
Páginas184
Data de publicação20/02/2023
Formato14x21
Largura14
Comprimento21
AcabamentoBrochura
Lombada1.8
Altura1.8

Relacionados Veja também esses produtos

Categoria

    Conteúdo

    Fale Conosco

    Atendimento

    Siga-nos


    - CNPJ - - © Todos os direitos reservados. 2024
    Esse site é protegido por reCAPTCHA e a Política de Privacidade e Termos de Serviço do Google se aplicam.
    Desenvolvido porKonekta